Projetos Pelotas - RS

Laços da Mama

“Foi um telefonema da minha mãe, contando novamente que a minha prima Liane havia sido internada, e que dessa vez o caso estava mais sério. Liane, um ano mais velha do que eu, lutava contra um Câncer de Mama já há alguns anos, com todas as suas forças. Era sabido por todos que ela não queria ir embora, queria aproveitar o filho e o marido durante todo o tempo que conseguisse. Entre idas e vindas de hospitais, aquela seria a última. Naquele momento, a informação dos médicos era para que nos despedíssemos. Foi difícil ver aquela amiga de infância e adolescência, com quem eu cresci, aprendi e vivi muitas experiências, indo embora. Eu chorei e orei. Era o que eu poderia fazer naquele momento. Estávamos eu, meus pais, os pais dela e o marido. Foi duro. Era como se uma flecha de realidade atingisse a todos. Havia esgotamento por todos os anos de tentativas, vitórias e derrotas, mas todos nós queríamos manter a esperança, mesmo que já estivéssemos quase sem forças. Na hora da despedida, minha tia Erica, mãe da Liane, me abraçou muito forte, e eu senti no fundo da alma o quanto ela sofria. Ela olhou nos meus olhos enquanto segurava as minhas mãos. E eu não conseguia fazer passar a dor daquela mãe e sabia que ela me queria tão bem como se fosse sua filha, ela queria ter esperança, e eu só podia ter pensamentos em oração para tentar aliviar toda impotência que ela estava sentindo. Nada do que eu dissesse, a não ser que fosse um milagre, ajudaria. Saímos do quarto depois da despedida e fomos para o hotel. 

Na manhã seguinte, já voltávamos de viagem, quando o telefone tocou. Liane partiu. Descansou. Deixou pais, irmã, filho, marido e uma família inteira que orava por ela. E nesse turbilhão de emoções que a doença traz, a vida seguiu. Passaram-se alguns anos quando eu realmente entendi que poderia fazer algo maior para essas mulheres, utilizando a Fotografia. Poderia mostrar os laços que existem, que lutam, que sofrem, poderia contar histórias de outras mulheres e fazer com que essa força que elas têm dentro de si, se multiplicasse”.

O olhar da minha tia, o abraço, o aperto de mãos, aquele medo da mãe perder a filha, o querer gigantesco de manter viva ainda a esperança de um milagre, plantaram uma semente em meu coração. Anos depois, essa semente germinou.


E foi assim que nasceu Laços da Mama, um projeto pautado na vida real, na fé, nas emoções, nas lutas e principalmente, na família. 

Um projeto que fala sobre o Câncer de Mama através das lentes, novos ângulos e pontos de vista. Com verdade e sem romantismo. 


-> assista o vídeo para se emocionar e conhecer um pouco destas 4 histórias incríveis! 


Você pode acompanhar e ajudar a divulgar pelas redes sociais: 

Youtube Laços da Mama
Instagram Laços da Mama 
Facebook Laços da Mama


Para comprar o livro e saber mais, clica aqui: COMPRAR O LIVRO LAÇOS DA MAMA


O projeto Laços da Mama é exposição, multimídia e livro. É  parceiro do Instituto Buquê de Amor de Pelotas, que trabalha incansavelmente na Promoção a Saúde da Mulher com Câncer de Mama facilitando o acesso à Mamografia e exames durante o tratamento oncológico.


Desde 20 de julho de 2020, assinada pela prefeita Paula Mascarenhas, entra em vigor a lei 6.283, que declara e concede o titulo, ao Instituto de Promoção à Saúde da Mulher Buquê de Amor, de "utilidade pública municipal"

O Instituto Buquê de Amor atua prestando suporte e acompanhamento para mulheres em processo terapêutico do câncer de mama. Com a certificação por meio da sanção da legislação, a instituição está autorizada a obter o selo do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon), do Ministério da Saúde, e verbas com pessoas físicas e jurídicas, por meio de dedução do Imposto de Renda.

“Agora, com esse reconhecimento da utilidade pública, poderemos buscar recursos para ajudar mais mulheres em tratamento do câncer de mama”, contou Janice. 

O Instituto presta o serviço de acompanhamento das pacientes em hospitais, disponibiliza apoio multidisciplinar, com profissionais da saúde voluntários, e viabiliza exames, como ultrassonografia e tomografia. O objetivo é agilizar o tratamento de pacientes oncológicos, especificamente mulheres com câncer de mama.

(informações do site da Prefeitura de Pelotas)


O livro Laços de Mama conta com o patrocínio da Ecosul Ecorodovias, Complexo Hospitalar Clinicap, Clínica Lacks e Mercado e Atacado Treichel, Circulu’s Lanches e com o apoio da Bravo! Agência de Conteúdo e Eventos e Go Image

*Também queremos contar com o seu apoio: compartilhe em suas redes sociais, marcando o projeto @lacos_da_mama e ajude a espalhar essa corrente.*


VOCÊ PODE NOS AJUDAR!
Toda renda arrecadada com a venda do livro é destinada ao Instituto Buquê de Amor.

E neste momento queremos facilitar: Pague por PIX ou Transferência Bancária  e retire nos pontos de entrega: Atacado Treichel, O Boticário Shopping Pelotas, Clínica Veterinária Gatto e Cane no Laranjal e no próprio Instituto Buquê de Amor - IBA. 

Ou entre em contato clicando aqui -> WHATSAPP DA KELLY


Abraço carinhoso a todos que estão conosco nessa luta! 

da Kelly 


Vídeo multimídia: Roger Albernaz

Crédito da foto de todas nós juntas <3 no evento de Lançamento do Projeto em maio de 2018: Juliano Kirinus

Tags

câncer de mama mama câncer laços da mama pelotas fotografia fotografia documental família exposição fotográfica apoiadores patrocinadores multimídia videos